News
Carregando...

EM NOVA DECISÃO, STJ MANTÉM CONDENAÇÃO DE ISAAC CARVALHO POR DESVIO DE VERBA EM JUAZEIRO

Em nova decisão, STJ mantém condenação de Isaac Carvalho por desvio de verba em Juazeiro

O ministro Joel Ilan Paciornik, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), manteve a condenação imposta ao ex-prefeito de Juazeiro, Isaac Carvalho (PCdoB), por desvio de verba ou uso indevido. A decisão foi divulgada na noite desta sexta-feira (26) e deve ser publicada no Diário Oficial da Justiça na segunda-feira (29).  O ministro determinou que o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) reveja a pena do ex-prefeito, considerando o afastamento e anule o acórdão recorrido apenas na parte relativa à imposição da perda do cargo público e inabilitação, por cinco anos, para exercer qualquer cargo público. O motivo para rever o acórdão é por falta de fundamentação adequada.

A defesa de Isaac impetrou um agravo em recurso especial no STJ. Ele foi condenado a um ano, 11 meses e dez dias de prisão, em regime aberto, e a perda do cargo público e inabilitação por cinco anos para qualquer cargo público. A defesa indicou que havia divergência na jurisprudência citada no acórdão do TJ-BA. A acusação, segundo afirma o despacho, não descreveu como os recursos públicos foram desviados e traçou como as verbas foram remanejadas, o que foi corrigido por se tratar de "um mero ato administrativo". Sustentou que o acórdão invadiu a competência da Justiça Eleitoral ao instituir a pena de inelegibilidade antes do trânsito em julgado.

A defesa ainda alegou que para ser condenado, o ex-prefeito deveria ter agido com "plena consciência a respeito da conduta" e assumido o risco de praticá-la. Na última segunda-feira (22), o mesmo ministro havia suspenso os efeitos da decisão do TJ-BA sobre a inelegibilidade por cinco anos, de forma que ele poderia levar o caso para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e assegurar uma cadeira na Câmara dos Deputados. Para o ministro, é cabível o pedido de redução da pena prevista no Código Penal, devendo o TJ-BA refazer a dosimetria da pena. Para ter direito a tomar posse no cargo de deputado federal, Isaac Carvalho deverá recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF). Ele teve mais de 100 mil votos na eleição ocorrida no dia 7 de outubro.

Portal Itiúba.Net | Por Bahia Notícias
Compartilhe no Google Plus

Sobre Portal Itiúba

Portal Itiúba.Net, Notícias de Itiúba e Região. Comente Nossas Postagens Logo Abaixo.

0 comentários :