News
Carregando...

PRESIDENTE DA CÂMARA DE VEREADORES DE JAGUARARI PODE SER AFASTADO NESTA QUINTA-FEIRA, 20

O Comitê de Combate a Corrupção Eleitoral através do seu presidente, Admilson Ferreira da Silva protocolou nesta segunda-feira, 17, na Câmara de Vereadores de Jaguarari o pedido de cassação do mandato do vereador e presidente da câmara Marcio Gomes de Araujo. Esse novo pedido de afastamento do edil ocorre no mesmo momento em que o Ministério Publico tem o conhecimento de uma suposta nova funcionária fantasma mais uma vez o suposto fantasma reside no município de Riachão do Jacuípe. O novo pedido de afastamento desta vez feito pelo Comitê Contra Corrupção tem como base a nova funcionaria fantasmas que esta sendo investigada pelo MP, alem do edil responder a diversos processos e procedimentos na justiça, alem de existirem investigações do próprio Ministério Publico em curso, o que inviabilizaria a sua permanência a frente do legislativo jaguarariense.

Segundo Admilson Ferreira da Silva, na primeira tentativa de protocolar o requerimento na câmara de vereadores houve a recusa por parte de um servidor em receber o documento. “Quando fui até a câmara de vereadores pela primeira vez um servidor se recusou a receber o requerimento. De pronto me dirigi ao Ministério Publico onde protocolei a denuncia contra o presidente da câmara já que não consegui protocolar na câmara. Informei que houve recusa por parte da câmara em receber o requerimento que pedia a cassação do vereador e presidente da câmara Marcio Gomes de Araujo. Cerca de 30 minutos após protocolar o requerimento no MP o mesmo servidor que se recusou a receber o documento na câmara me procurou e pediu que eu fosse até a câmara para protocolar o requerimento. Ou seja, se eu não tivesse ido até o MP informar a recusa em receber o requerimento não teria conseguido protocolar o pedido de cassação na câmara”, falou o presidente do Comitê de Combate a Corrupção Eleitoral.

Após o protocolo a câmara de vereadores divulgara nesta terça-feira, 21, a pauta da sessão ordinária da próxima quinta-feira, 20, onde obrigatoriamente deverá constar a deliberação sobre a votação do afastamento ou não do Sr. Marcio Gomes de Araujo do mandato de vereador e presidência da câmara de vereadores de Jaguarari. Se os vereadores acatarem o pedido de cassação, o presidente será imediatamente afastado das suas funções a frente do legislativo.

Op imediato afastamento na comarca local e posteriormente no Tribunal de Justiça – BA.

Desta vez, segundo o MP, o presidente da câmara teria reincidido na mesma conduta delitiva ao contratar novo funcionário fantasma. Será se desta vez os vereadores irão mais uma vez fazer vistas grossas e arquivar a denuncia? Esse é mais um capitulo da realidade política de Jaguarari cercada por inúmeras denuncias de corrupção. 

Portal Itiúba.Net | MinutoBahia
Compartilhe no Google Plus

Sobre Portal Itiúba

Portal Itiúba.Net, Notícias de Itiúba e Região. Comente Nossas Postagens Logo Abaixo.

0 comentários :